A.B.I. ASSOCIAÇÃO DE BRASILEIROS NA ITALIA


Ir para o conteúdo

PERDA DO DIREITO

CIDADANIA ITALIANA

SAIBA SE VOCÊ TEM DIREITO
com gráfico ilustrativo

Exemplos de transmissão da Cidadania Italiana, a cidadania italiana NÃO TEM LIMITE DE GERAÇÃO , exemplificamos aqui apenas a partir dos bisavôs, mas podem ser também tataravôs, tetravôs, etc...


TRANSMISSÃO DA CIDADANIA ITALIANA POR LINHA MATERNA

A mulher italiana no passado não tinha direita a transmissão da cidadania italiana segundo a Constituição do Reino da Itália. Tal carta constitucional durou até o final da II Guerra Mundial. Com o término dos eventos bélicos, foi votada a 1a. Constituição da República (1947), que dava às mulheres o direito de transmitir a cidadania aos seus descendentes. Como esta Carta entrou em vigor em 1° de janeiro de 1948, claramente apenas os filhos nascidos após tal data adquirem a cidadania da mãe italiana.


REGRA BÁSICA:

A mulher PODE ter nascido ANTES de 01.01.1948, NÃO tem problema.

MAS....

O (a) filho (a) dela (desta mulher que nasceu antes de 1948) que DEVERÁ nascer A PARTIR de 01.01.1948 para ter direito a cidadania.

Caso este (a) filho (a) tenha nascido ANTES de 01.01.1948, NÃO terá direito, nem este (a) filho (a) nem seus descendentes.


VEJA O GRÁFICO ABAIXO





fonte;:http://www.dupla.cidadania.nom.br/vc_tem_direito.htm


INICIAL | QUEM SOMOS | CIDADANIA ITALIANA | BRASILEIROS ITALIA | INFORMAÇÕES ITALIA | PARCEIROS | ASSOCIA-SE | Mapa do site


Voltar para o conteúdo | Voltar para menu principal