NOIVA & NOIVO


Vai ai contenuti

Festa Junina

COMEMORAÇÕES

O mês de junho é marcado por fogueiras, danças, comidas típicas e muitas bandeirinhas em todo o país, apesar das peculiaridades e características próprias de cada região brasileira.
As comemorações se iniciam no dia 12/06, véspera do Dia de Santo Antônio e terminam no dia 29, dia de São Pedro.
O auge da festa acontece entre os dias 23 e 24, o Dia de São João propriamente dito.
As tradicionais festas juninas podem ser um charmoso tema de decoração para recepção de amigos ou comemoração de aniversários.
Selecionamos algumas dicas para você organizar uma festa junina.

Dicas para festas junina mais fina.

Para uma festa junina mais fina evite muitas cores e excessos, escolha três cores básicas e as utilize na decoração.
Cores mais sérias puxadas para o neutro e escuro como: azul, vinho e cinza, são cores usadas no artesanato country americano e a combinação fica bem chique.
Se conseguir encontrar xadrez com essas cores ficará muito adequado! Verde escuro, azul escuro e bege também são cores finas.
Quanto as mesas de doces, use temas de doces juninos mas de confecção mais primorosa e caprichada, isso com certeza acrescentará mais charme.
O mesmo com a música, se conseguir que algum profissional transforme musicas sertanejas e juninas em instrumental.


COMO ORGANIZAR UMA FESTA JUNINA


1. Tema
2. Local, data e horário
3. Convite personalizado
4. Comidas e bebidas
5. Decoração do local
6. Colaboradores
7. Brincadeiras
8. Lembrancinhas
9. Trajes
10. Maquiagem
11. Música e Dança
.Opcional
- Barracas - estrutura
- Barracas de brincadeiras
- Mesas ou barracas de comidas e bebidas
- Fichas para as barracas

Local, Data e Horário

Decida o local. Se for alugar um espaço, atenção aos itens:
- valor do aluguel, - necessidade de uma área coberta, - banheiros, - segurança, - localização.
Para seguir a tradição, o arraial pode ser próximo aos dias dos santos homenageados:
13 de junho (Santo Antônio), 24 de junho (São João) e 29 de junho (São Pedro).
É recomendável adequar o horário à faixa etária dos participantes.
Por exemplo: para crianças pequenas, festas entre 11h e 17h; adolescentes e adultos, das 15h às 21h.

Convite

Você pode e estipular um valor ao convite, se for organizar uma festa beneficente
ou uma forma de adquirir recursos para o evento.
Se for estipular valor para o convite é importante a existência de fichas para as brincadeiras e comidas...


Fichas veja dicas importantes


• Faça o cálculo dos custos antes de fixar o valor das fichas. O valor deverá cobrir as despesas;
• Por toda a festa devem ser espalhados os caixas que vendem tais fichas.
• Venda as fichas em "pacotes" de R$5,00 (com 5 fichas de R$1,00)
• Mantenha nos caixas calculadora e bastante troco para evitar filas.
• Cada barraca de alimento ou jogos deve ter uma caixa lacrada, tipo "cofrinho", para receber as fichas dos convidados. Assim será possível, ao final da festa, conferir o movimento de cada barraca.


idéias de convite: você pode fazer uma mini espiga de milho de biscuit nela você amarra uma fitinha de cetim
com um bilhetinho com a data, local e horário. Nao pode esquecer de colocar que tem que ir de traje típico...
Ou também um convite tradicional com algumas bandeirinhas desejadas e uma fogueira.


Comidas e Bebidas típicas

Monte um cardápio variado com comidas típicas.
Distribua pratos individuais, acondicionados em saquinhos de papel e potinhos descartáveis.
Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados,
relacionados às festividades, são feitos deste alimento.


Salgados

• amendoim torrado,
• biscoito de polvilho,
• cachorro quente,
• churrasco (bovino, frango e lingüiça),
• cuzcuz,
• fogazza,
• milho cozido,
• milho verde,
• pastel,
• pinhão,
• pipoca,
• pratos regionais
• salgadinhos diversos,
• sanduiches diversos..

Doces

  • amendoim doce,

• arroz doce,
• algodão doce,
• batata doce,
• bolo de milho,
• bolo de fubá,
• bolo de amendoim,
• bolo de pinhão,
• Bolo de aipim (mandioca),
• bombocado,
• broa de fubá,
• canjica,
• churros,
• cural, • cocada,
• doce de batata doce,
• doce de abóbora,
• doce de abóbora com côco,
• Doces de beterraba,
• doce de leite,
• espetinhos de fruta com chocolate,
• gibi (doce de amendoim)
• maçã do amor,
• pamonha,
• paçoça,
• pé-de-moleque...

Bebidas

• água,
• cerveja,
• chocolate quente,
• quentão,
• suco,
• vinho quente,
• refrigerante, ...

Bolo: - O bolo pode ser bolo gelado embrulhado e os pacotinhos embrulhados em palha de milho (parecendo paponhas) colocados dentro de um enorme chapéu de palha sobre a mesa onde deverão ter pratinhos de cerâmica
rústica (casa de produtos religiosos de umbanda)
Em copinhos de cerâmica, sirva suco de uva ou outro suco, para crianças, e para os adultos, quentão e vinho quente.

Não esquecer: - Sirva os alimentos acondicionados em guardanapos e/ou pratinhos descartáveis;
- Gelo para as bebidas
- Os alimentos expostos devem ser cobertos com tela;
- Os colaboradores das barracas de alimentos e bebidas devem usar luvas e touca de cabelo descartável;


O espaço deve ser bem decorado.

- Coloque muitas bandeirinhas e cartazes com a história dos santos da Festa Junina.
- distribuir pelo local algumas faixas de identificação para orientar os convidados:
- banheiros, - entrada, - caixa, no topo das barracas ou mesas deve haver a identificação,
Confira agora algumas dicas para você enfeitar o local.

Para sua casa se transforme em um verdadeiro arraial, siga algumas dicas:

- Decore a sala com faixas largas de chita sobre. O colorido dará um ar gracioso ao local;
- A mesa pode ser decorada com a mesma padronagem da chita. Forre a mesa com um retalho de juta e por cima coloque pedaços de chita espalhados;
- Coloque também porta-retratos com imagens de São Pedro, São João e Santo Antônio espalhados;
- Você pode substituir os quadros que tiver na sua parede por chapéus de palha;
- Decore as guloseimas com um toque de carinho: enfeite os potinhos de curau com um palito de dente decorado com uma bandeirinha presa ao alto;
- Não se esqueça, é claro, de pendurar as tradicionais bandeirinhas.


Decorando a Mesa


Dica 1

- A mesa deve ser de preferência de madeira.
- Decore a mesa com folhas de bananeira (as folhas devem ser cortadas no tamanho da altura da mesa e afixadas com tachinhas).
- Use toalha xadrez.
- A "saia", basta cobrir o tampo com juta (tecido semelhante ao de saca de café) ou uma toalha de mesa xadrez, ou uma peça em que predomine a cor vermelha.
Obs.: - Se tiver dificuldade em conseguir folhas de bananeiras, faça a saia da mesa em papel crepom colorido.

Dica 2

- A mesa deve ser de preferência de madeira.
- 1º montar o suporte para os babados. Para isso, você deve fazer uma saia de papel-jornal.
Em seguida, corte o rolo de papel crepom ao meio e o desenrole.
Faça preguinhas no papel crepom (quantos menores, mais franzido fica) e vá fixando com o auxílio de fita dupla face.
- Depois de contornar toda a mesa, comece o outro babado, tendo como suporte o papel jornal.
A quantidade de babados será definida pela altura da mesa.
- No tampo, use juta cru e faça o acabamento com fitas de tafetá coloridas. Se usar apenas uma cor de papel crepom, incremente o babado com bandeirinhas de São João.
Obs.: - Você pode subistituira palha por papel crepon.

Dica 3

- mesas decoradas com toalha xadrez e chita,

Dica 4

- Outra alternativa para forrar a mesa é o tule" Você pode alugar uma saia franzida ou produzi-la
com a ajuda de uma máquina de costura. Ou forrar a mesa com o tule sem franzir na máguina.
- O tampo pode ser de juta colorida e desfiada.
- Decore a mesa com bonecos de pano caraterizados como jequinhas.
- Você pode distribuí-los entre as cestas de vime e panelas de pedra.

Dica 5

- Toalha para mesa quadriculada.
Acho legal espalhar na mesa pipocas, colocar bandeirinhas coloridas com o nome dos pratos.
As bandeirinhas e Balõezinhos servem para enfeitar mesas, não só o teto.

Decorando o Local


• muitas bandeirinhas de varias cores,..
Compre folhas de papel de seda ou cartolina de diversas cores. Recorte bandeirinhas em formato triangular e cole-as em um fio de barbante. Prenda o barbante de um lado a outro da sala, da garagem ou do quintal. Faça várias fileiras de bandeiras, para dar um colorido especial à festa!

• muitos balões (enfeite) de varias cores e tamanhos,...
Faça balões de cartolina nas cores que você quiser é fácil e barato e fica bonito!

• lanternas coloridas,...

• tradicional balão (enfeite) e S.joão e bandeiloras,...

• decorar a festa com bambu e suas folhas,...
• um espantalho seria muito legal,...
• correntes de jornal ou papel colorido (corta o jornal em tiras, cola uma extremidade na outra, fazendo elos colando uns por dentro dos outros) depois pinte,...
• espigas de milho perto da barraca de milho cozido ou perto dos pratos de milho na mesa,..
• nas paredes pencas de milho seco entremeados de flores do campo (margaridas, girassóis etc) e alguns ramos de bambu,...

• folhas de coqueiro ou casco do coco na barraca de cocada,...
- cestos com milho dentro,...
• pendure alguns chapéus de palha na parede, bambu,...

• uma opção legal é utilizar artesanato e reciclagem em sua festa, faça lanternas de garrafa pet, flores de filtro de café tingido com anilina colorida...
• Faça muita pipoca e passe-as por um fio de linha 10 (a de pipa), e faça colares e amarre de ponta a ponta no lugar das bandeirinhas.
• você pode colocar a famosa pinhata, um balão gigante, ou uma jarro de cerâmica e enchê-lo de balas, bombons, confetes e outras guloseimas, e amarrá-lo na arvore e vendar os olhos de quem quiser participar e de três chances da pessoa acertá-lo c/ um pau, é super divertido as criançadas amam,...

• Fogueira

Faça uma "fogueira"
Ex. 1 - fogueira simples pode ser de mentira feita com papel celofane ou laminado,
Ex. 2 - fogueira simples pode ser de mentira feita com papel laminado nas cores vermelha e amarela. Amasse o papel de forma a imitar as labaredas.
As folhas amarelas devem ficar na parte de dentro, para imitar a chama mais forte do fogo.
Junte uns gravetos de madeira para colocar em volta e monte a fogueira.
Ex. 3 - usando uma lâmpada com base de abajour ou prenda um suporte para lâmpada (benjamim)
num quadrado de madeira ligue numa extensão e entre as toras de madeira coloque papel celofane
para fazer o "fogo". Escolha um lugar para esta fogueira.

Para servir as comidas e bebidas

Para servir os doces e salgados, você pode usar :

• bandeijas de palha de milho (forrados com papel celofane incolor),
• cestas de vimes
• chapéus de palha desfiados,
• cumbuquinhas de barro,
• gamelas
• peneiras de taquara forradas com guardanapos
•tigelinhas de barro,
• tábuas redondas de madeira,

Para os pratos quentes e bebida devem ser acondicionados em :


• panelas de barro,
• jarros de barro,
• caldeirões,
• panelas de ferro,
• panelas de ágata,
• tigelas de ágata


O porta-talher pode ser de vime e os guardanapos de papel xadrez ou com temas de festa junina, combinando com a cor da toalha.
- Para servir, use concha e colheres de madeira.
- Como acabamento, coloque palha no espaço entre os pratos e bonecas com vestimenta de festa junina.
- E se quiser incrementar, use peças antigas como máquina de costura, ferro de passar à brasa e caldeirões, etc.


Obs.:
- As peças de Agatá proporcionam um ar rústico, são ideais para servir pequenas porções e conservam a temperatura do alimento.
- Você pode usar tigelinhas ou cumbuquinhas brancas ou transparentes, são facilmente encontradas em casas de material de festa.
- (Para que o doce fique bem à mostra, é necessário colocar um enximento que ocupe metade da altura do chapéu.)


Onde conseguir as peças

Se você quer fazer bonito, mas não pretende gastar dinheiro com utensílios e peças para decorar a mesa, alugue-as.
Há buffets que prestam este tipo de serviço.

BRINCADEIRAS


Quadrilha:

Nas festas juninas, a música que geralmente é tocada durante a quadrilha é "Festa na roça", de Mario Zan.
Mas, se você não tiver essa música disponível, coloque outra que seja bem tradicional e vá coordenando a dança.
Não precisa ensaiar, é tudo no improviso!

Correio elegante:

Usando cartolina de diversas cores, faça pequenos cartões em formato de coração, de balão, redondo ou quadrado e coloque-os em uma cestinha.
As próprias crianças poderão escrever mensagens para os amigos, mas sem se identificar.
Um adulto ou uma criança entrega a mensagem para o destinatário, que deverá adivinhar quem a escreveu e poderá mandar um recado de volta.

Cadeia

Brincadeira da cadeia, em que pagamos para prender nossos amigos ou as pessoas que estão atrapalhando a nossa diversão.
Você paga e os policiais prendem quem está te incomodando.
É você quem decide por quanto tempo o sujeito fica preso.

Pular a fogueira:

Chame as crianças para pular a fogueira de papel laminado.

Corrida de três pés

Cada jogador amarra a sua perna esquerda à perna direita do parceiro e, assim, os dois pulam até a linha de chegada. Ganha a dupla que chegar antes.

Bingo

Compre um jogo de bingo em qualquer loja de brinquedo e coordene a brincadeira.
O vencedor leva para casa uma prenda.

Tiro ao alvo

Tem de todo tipo: latas empilhadas, boca do palhaço, alvo redondo...
Obviamente, quem conseguir acertar o alvo leva o prêmio.

Corrida com ovo na colher

Cada participante corre equilibrando um ovo cozido - pode ser um tomate ou uma batata
- numa colher até chegar à linha de chegada.

Boca do palhaço

Desenhe um palhaço em uma cartolina com uma boca bem grande e aberta.
Recorte com estilete o espaço da boca - deixando os lábios. As crianças deverão acertas bolinhas pequenas
- pode ser de tênis ou frescobol - na boca do palhaço.

Jogo das argolas

Coloque várias garrafas em um dos cantos da sala para que as crianças tentem acertar argolas.
Delimite a distância com que as crianças deverão fazer as tentativas passando fita crepe no chão.
Use a fita crepe para fixar as garrafas - de plástico, para não haver acidentes -no chão.
Dê preferência às garrafas de 700ml, que são menores e cubra-as com papel colorido por fora.
Cada garrafa corresponde a um brinde diferente. O jogador escolhe o presente que quer ganhar e tenta acertar uma argola no pino correspondente.

Pescaria

Pode ser na água ou na areia. Os pescadores têm que conseguir pegar os peixes,
que correspondem a diferentes brindes.
Recorte peixinhos e outros animais marinhos em uma cartolina.
Com fita adesiva, cole um clipe em cada bichinho e finque-os em uma bacia com areia.
Para fazer a varinha, amarre um barbante na ponta de um graveto de madeira.
Na outra extremidade do barbante, amarre um clipe, com a lateral aberta, de modo a parecer com um anzol.

Mimica

Utilize um chapéu de palha para colocar vários papéis dobrados com as letras de músicas Juninas.
Seu convidado deve retirar com palitinhos de aperitivos um dos papéis.
Somente com o uso de mímica, ele deve passar ao grupo a música "pescada".

Outras brincadeiras:

Gincanas, toca do carrinho, vira lata, canaleta, corrida de saco, pau de sebo e bingo, casamento caipira roleta...

Brinquedos:

Touro mecânico, bingo, Pau de Sebo, Cadeia, Tobogã, Banho na Boneca, Martelo de Força...

Para as prendas:

Compre prendas atrativas ou de baixo custo ou, se possível, faça uma arrecadação de doações dentro da comunidade.


Veja algumas sugestões:


• Material escolar: cadernos, lápis de cor, canetinhas, lapiseiras, massa de modelar.
• Brinquedos: bolas de diversos tamanhos, pelúcias, pequenos carrinhos e bonecas.
• Utilidades domésticas: jogos de copos, pratos para bolo, conchas, espremedores,etc.
• Artesanato: caixas, porta-retratos e produtos feitos pelos artesãos da região.
• Delícias: bombons, trufas, tortas e bolos inteiros, feitos pelas quituteiras locais.

Lembrancinhas

Um gesto simpático para os convidados guardarem sua festa na memória é entregar lembrancinhas ao final.

Veja uma sugestão:

• faria um saquinho com varias guloseimas, todo mundo adora comer no dia seguinte... Pé-de-moleque, doce de batata, doce de abobora, pacoquinha, doce de leite...
• Decore uma caixa de sapatos com pipocas e chita. Dentro dela coloque vários papeizinhos coloridos com as simpatias, sortes e adivinhas. Ao deixar a festa, cada convidado escolhe um papel e guarda como lembrança de sua festa!


Trajes


Os trajes também são um elemento imprescindível em uma Festa Junina.
Para que todos entrem no clima da festa, é importante que venham caracterizados com trajes típicos.

Traje Masculino

• Calça jeans ou de sarja,
• Tênis ou bota,
• Camisa xadrez,
• Chapéu de palha,
• Lenço colorido,
• Retalhos costurados na camisa e na calça,
• Barba e bigode desenhados com lápis de olho.

Traje feminino

• Vestido estampado decorado com rendas e retalhos;
• Sapato ou sandália;
• Lenço, flores ou chapéu;
• Cabelos trançados;
• Batom e blush leves;
• Pintinhas nas bochechas feitas com lápis de olho.



Maquiagem

Maquiagem caipira para meninas

Você vai precisar de pó, sombra, blush, batom, rímel e delineador.

• 1° você deve usar um pó para deixar o rosto bem lisinho.
• Capriche no blush, mas não exagere. Não está mais na moda fazer aquelas bolotas vermelhas e desproporcionais.
• A sombra é melhor contar com a ajuda de outra pessoa. Use uma cor que combine com seu vestido
• O delineador e rímel.
• As pintinhas dão o charme da maquiagem. Não esqueça de não exagerar, assim você ganha um ar fashion até mesmo como caipirinha.
• O batom, use um pincel, mas você pode usar batom comum mesmo. Capriche na voltinha do coração da boca.
• Os cabelos faça uma trancinha. Se seu cabelo é curto invente um penteado bacana usando gel.
• Com o chapéu na cabeça e um laço diferente, você está pronta para arrasar!


Maquiagem caipira para meninos


Você vai precisar de lápis e sombra ou carvão ou uma rolha queime um pouco ela.

• Engrosse as sobrancelhas usando um lápis de olho preto ou marrom.
• Os bigodes, definem sua imagem: mais bravo, moderno, romântico ou esperto.
• A barba, faça o modelo que achar que combine mais com você.
Dê uma olhada nas barbas que seus familiares usam.
Use uma esponjinha para espalhar a sombra.
• Que charme! Um dentinho. Use o mesmo lápis que usou para fazer as sombrancelhas.
• Pronto! Agora é só colocar a camisa xadrez, o lencinho no pescoço e ir dançar a quadrilha.


Música e Dança


O ritmo típico das festas juninas é o forró. Dentre os compositores e cantores mais requisitados, destaca-se o pernambucano Luiz Gonzaga.
Para não faltar animação garimpe entre os amigos CDs de música sertaneja, forró, cantigas tradicionais de São João e os clássicos da sanfona.
Durante a festa, a música deve ser constante, mas não muito alta, para não atrapalhar as conversas e não incomodar.
Para as quadrilhas recomendamos as cantigas e forrós tradicionais.
Nos momentos sem quadrilhas, a festa fica animada com forrós, músicas caipiras e clássicos sertanejos.


Algumas músicas clássicas que não podem faltar:

Capelinha de melão, de João de Barros e Adalberto Ribeiro
Olha pro céu, meu amor, de José Fernandes e Luiz Gonzaga
Pula a fogueira, de João B. Filho
Cai cai balão (autor desconhecido)
Sonho de papel, de Carlos Braga e Alberto Ribeiro
Pedro, Antônio e João, de Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago
Festa na roça, de Mario Zan

Agora sim, você está pronto para o grande arraial.

Boa festa!!!


Dicas para organizar uma quadrilha e a trilha sonora para festa junina!

Dicas para você organizar a quadrilha

Forme uma fila indiana de casais, com as meninas de braços dados com os meninos.
Depois, use palavras como as abaixo para indicar os passos das crianças.

1- “Anavantur”, “Caminho da roça” ou “Caminho da festa”
Os pares seguem em fila indiana

2- “Anarriê”
Damas se separam dos cavalheiros, formando duas colunas. É importante ficar de frente para o seu par

3- “Balancê”
As crianças dançam no lugar

4- “Cavalheiros cumprimentam as damas”
Os meninos vão até as garotas, flexionam um dos joelhos e tiram o chapéu

5- “Damas cumprimentam os cavalheiros”
As meninas vão até os garotos, seguram as pontas da saia e flexionam ligeiramente as pernas

6- “Grande roda”
As crianças ficam de mãos dadas e giram em roda

7- “Damas ao centro”
As meninas saem da Grande Roda e formam outra dentro da roda dos meninos.

8- “Coroa de Rosas”
As duas rodas se misturam: os meninos (de mãos dadas) levantam os braços e passam por cima da cabeça das garotas. Depois, abaixam os braços e rodam juntos

9- “Coroa de espinhos”
O procedimento é igual ao acima, porém são as meninas que “coroam” os garotos

10- “Grande passeio”
As crianças saem da roda e voltam para a fila indiana, de braços dados com o par

11- “Olha a chuva”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

12- “Já passou”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

13- “Olha a cobra”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

14- “É mentira”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

15- “A ponte quebrou”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

16- “Já consertou”
As crianças dão meia-volta e continuam andando

17- “Caracol”
Os pares de mãos dadas formam uma fila única e, seguindo as ordens do puxador, fazem curvas até formar um caracol

18- “Changê de damas” ou “Changê de Cavalheiros”
A menina ou o menino dá um passo a frente, trocando de par

19- “Olha o túnel”
O menino fica em frente da menina, de mãos dadas e braços levantados

20- “Preparar para o grande galope”
Um casal entra no túnel de mãos dadas. Assim que sair, deve fazer o túnel novamente.

21- “Baile geral”
Os casais dançam

22- “Vamos nos despedir”
Os pares saem de braços dados, acenando.


Prepare a seleção musical de sua festa junina

Toda festa exige uma trilha sonora!!! E é essencial para animar a festa.
As músicas típicas das festas juninas podem ser apenas cantadas ou também dançadas.
Até hoje muitas são compostas, especialmente pelos nordestinos, e formam o repertório do forró que se transformou em baile realizado não apenas no período junino.
Vai algumas dicas para você se divertir com a turminha e cantar bastante!!
Além do som da quadrilha, aposte no forró e nos clássicos sertanejos.
Cantores como Mário Zan e Luiz Gonzaga são clássicos, mas você também pode apostar nas músicas Milionário e José Rico, Chitãozinho e Xororó, Zezé de Camargo e Luciano, etc.
O ritmo típico é o forró. Na quadrilha a música mais tocada é "Festa na Roça" de Mário Zan.


Principais Músicas Juninas


1- Pula Fogueira
2- Balãozinho
3- Cai, cai balão
4- Sonho de Papel
5- Pedro, Antônio e João
6- Isto é lá com Santo Antônio
7- Festa de São João 8- Quadrilha e quentão
9- Chegou a hora da fogueira
10- Sobe meu balão
11- Noite de junho
12- São João na roça
13- Capelinha de São João


Algumas letras de Músicas Juninas


PULA A FOGUEIRA
autor: João B. Filho

Pula a fogueira Iaiá,
pula a fogueira Ioiô.
Cuidado para não se queimar.
Olha que a fogueira já queimou o meu amor.

Nesta noite de festança
todos caem na dança
alegrando o coração.
Foguetes, cantos e troca na cidade e na roça
em louvor a São João.

Nesta noite de folguedo
todos brincam sem medo
a soltar seu pistolão.
Morena flor do sertão, quero saber se tu és
dona do meu coração.



BALÃOZINHO

Venha cá, meu balãozinho.
Diga aonde você vai.
Vou subindo, vou pra longe,
vou pra casa dos meus pais.

Ah, ah, ah, mas que bobagem.
Nunca vi balão ter pai.
Fique quieto neste canto, e daí você não sai.

Toda mata pega fogo.
Passarinhos vão morrer.
Se cair em nossas matas, o que pode acontecer.
Já estou arrependido.
Quanto mal faz um balão.
Ficarei bem quietinho, amarrado num cordão.



PEDRO, ANTÔNIO E JOÃO
autor: Benedito Lacerda e Oswaldo Santiago

Com a filha de João
Antônio ia se casar,
mas Pedro fugiu com a noiva
na hora de ir pro altar.

A fogueira está queimando,
o balão está subindo,
Antônio estava chorando
e Pedro estava fugindo.

E no fim dessa história,
ao apagar-se a fogueira,
João consolava Antônio,
que caiu na bebedeira.



CAPELINHA DE MELÃO
autor: João de Barros e Adalberto Ribeiro

Capelinha de melão
é de São João.
É de cravo, é de rosa, é de manjericão.

São João está dormindo,
não me ouve não.
Acordai, acordai, acordai, João.

Atirei rosas pelo caminho.
A ventania veio e levou.
Tu me fizeste com seus espinhos uma coroa de flor.

SONHO DE PAPEL
autor: Carlos Braga e Alberto Ribeiro

O balão vai subindo, vem caindoa garoa.
O céu é tão lindo e a noite é tão boa.
São João, São João!
Acende a fogueira no meu coração.

Sonho de papel a girar na escuridão
soltei em seu louvor no sonho multicor.
Oh! Meu São João.

Meu balão azul foi subindo
devagar
O vento que soprou meu sonho carregou.
Nem vai mais voltar.



ISTO É LÁ COM SANTO ANTÔNIO
(Lamartine Babo)

Eu pedi numa oração
ao querido São João
que me desse um matrimônio.
São João disse que não,
São João disse que não,
isto é lá com Santo Antônio.

Implorei a São João
desse ao menos um cartão
que eu levasse a Santo Antônio.
São João ficou zangado.
São João só dá cartão
com direito a batizado.

São João não me atendendo
a São Pedro fui correndo.
No portão do paraíso
disse o velho num sorriso:
"Minha gente eu sou chaveiro,
nunca fui casamenteiro".



CAI, CAI, BALÃO
Cai, cai, balão.
Cai, cai, balão.
Aqui na minha mão.
Não vou lá, não vou lá,
não vou lá.
Tenho medo de apanhar.



CHEGOU A HORA DA FOGUEIRA
(Lamartine Babo)

Chegou a hora da fogueira.
É noite de São João.
O céu fica todo iluminado,
fica todo estrelado,
pintadinho de balão.
Pensando na cabocla a noite
também fica uma fogueira
dentro do meu coração.

Quando eu era pequenino,
de pé no chão,
recortava papel fino
pra fazer balão.
E o balão ia subindo
para o azul da imensidão.

Hoje em dia meu destino
não vive em paz.
O balão de papel fino
já não sobe mais.
O balão da ilusão
levou pedra e foi ao chão.



Torna ai contenuti | Torna al menu